FRANGO FINO 39 | O SUPER VÍRUS DO JAPONÊS PIRATA

FRANGO FINO 39 | O SUPER VÍRUS DO JAPONÊS PIRATA

out 06

 

No Frango Fino dessa semana, Doug Bezerra, André Rocca e Guilherme Maldonado falam sobre:

  • Homem de Aço – Corroteirista compara ambientação do filme com trilogia de Cavaleiro das Trevas;
  • Mark Millar – Fox contrata quadrinista como consultor criativo para seus filmes de herói;
  • Lollapalooza – Line-up e pré venda de ingressos já foram divulgados;
  • Kiss – Banda fará 3 shows no Brasil;
  • Tom Morello – Guitarrista do Rage Against the Machine lança música com Serj Tankian;
  • Japão – Lei japonesa pega pesado com quem baixar conteúdo ilegal;
  • Pornografia Segura – Grupo pretende lançar buscador que só apresente conteúdo confiável.

A programação musical:

  • Theory Of A Deadman – Better Off
  • Velvet Revolver – Slither
  • Tom Morello, Serj Tankian & Tim McIlrath – We Are The 99 Percent
  • The Von Blondies – C’mon, C’mon

Comentado durante o programa:

Para falar com a gente:

E-mail: podcast@frangofino.com

Twitter: @frangofino

Tempo do programa:  93 minutos

————————————————————-

Podcast com música: 


Download: (Para baixar o podcast, clique com o botão direito do mouse e “salvar link como”)

————————————————————-

Podcast sem música: 


Download: (Para baixar o podcast, clique com o botão direito do mouse e “salvar link como”)

  • CarolAmorin

    FIRST!
    Rocca meu amor <3

  • Nossa senhora, tão levando o podcast tão a sério que nem dormem para posta-lo!
    Não escutei ainda, mas pela pontualidade já tenho certeza que esta excelente!

    • frangofinopodcast

      Olha Alex, a gente dorme sim. Os gordos deixam a gente dormir na senzala… uma hora por dia.

  • Acho que a culpa da pirataria é das empresas que exploram demais. Eu, por exemplo, faço minhas edições de audio amadoras em treinos de podcasts (ensaiando bastante pra lançar o meu no ano que vem) e editando musicas minhas. O problema é que os programas gratuitos, como audacity, prejudicam mais do que ajudam na aprendizagem, e o soundbooth, que é o programa que eu uso, se eu fosse comprar, eu teria que desembolsar a “singela” quantia de 350 dolares. E isso acontece em outros casos. Se dependesse de pagar pra ter um programa para editar imagens, até hoje eu estaria no Paint. E sejamos sinceros, esses preços altos são assustadores para quem ainda não entende nada e tá afim de aprender. A Apple, nesse sentido, joga muito bem contra a pirataria, pois já disponibiliza ,gratuitamente, otimos programas. Como o Garage Band, um programa de edição de audio quase que profissional e gratuito, e caso você queira um plugin especifico, ai sim você paga uma quantia minima pra adiciona-lo ao seu software. Enquanto emprensas como a Adobe não deixarem de olhar só pro seu umbigo, a pirataria de softwares vai continuar e eu vou estar a favor dela.

    • frangofinopodcast

      Olha Guilherme, os Frangos leram esse seu comentário no programa dessa semana, vc ouvirá, mas pelo visto tá rolando realmente um consenso: o negócio não é proibir, mas sim trabalhar de forma diferente a venda software.

      Aqui nas Ilhas Samoa, por exemplo, acabamos com a pirataria do ábaco ao vendê-lo acompanhado de uma calculadora.

  • Avisem o Rocca que ele esqueceu de fazer o banner do #38. 🙂

    Ouvirei agora, está sendo um dia difícil pra mim, e com certeza vocês me farão sorrir hoje.

    • Força ae meu velho, desejamos toda a paz do mundo pra vc e sua familia nesse momento dificil.

  • Acho que o filme ” Homem de aço ” não vai da certo, iguais aos outros.

  • hahaha a declaração do Rocca ao final do podcast foi super bizarra

  • KaioCesar

    Ola povo galinacio, só alegria?
    Eu não gosto de super-man, herói muito mal feito na minha opnião.
    Em relação ao Lolla, eu também vou fazer igual ao guigui, não irei…eu fui no lolla desse ano e achei do caralho, mas fui no cagaço por que eu tinha comprado meia entrada dos 2 dias de um cara que eu nunca vi na vida, e la falava que não podia ser revendido os ingressos, mas deu tudo certo no final.
    Podcast ficou Dahora, e fiz como na resposta que vocês me deram no comentário passado, vi o videozinho da xuxa pra espantar a preguiça e comentei de novo 😀
    Abraço.

  • Thyago Campos

    Hey guys.

    Descobri vcs na iTunes store e achei o cast excelente. Continuem com o ótimo trabalho.

    Abras.

  • Tem que ver esse inglês aí: Rise Against? Rage Against? Rice Against?  Race Agent The Machine? Raise Against the Marine?

  • Só por ter The Killers no Line-up do Lollapalooza eu já não critico, haha.

    A minha esperança é que aconteça com outras mídias o que está acontecendo com os jogos. Já loquei MUITA coisa na locadora Paulo Coelho, mas confesso que desde que tive acesso ao Steam (Valve, eu te amo!), todos os jogos que tenho são comprados ou free to play. Isso tem sido a prova que a gente não baixa as coisas por safadeza, mas sim porque o acesso é abusivo. As pessoas compram jogos sim, e não apenas pelas vantagens de multiplay e blá blá blá.. Eu não consigo mais baixar um jogo que eu posso comprar por 5 obamas, tá ligado? Sei que é bem mais difícil isso acontecer em outras mídias, como Gui falou, mas eu acho que tudo está tendendo a isso.

    Não vou comentar sobre as músicas hoje, porque meu episódio com música do iTunes veio sem música. 🙁 Mas to ansiosa por essa We Are The 99 Percent!

  • Gui, não sabia que dava pra usar bot em MMORPG. Posso sentir o meu dinheiro do lanche indo embora com as horas de Mu na lan house..

  • Guilherme seu trapaceiro, usando boot pra upar kkkkk. eu tb joguei muito ragnarok na adolescência era um jogo bem divertido.
    Agora vem a pergunta fatídica: qual será a classe que o gui jogava??

    • O bom e velho Ragnarok, horas e horas procurando itens e cartas!

      Falando nisso, me deu vontade de jogar de novo, vou dar uma olhada se minha conta ainda existe.

      Qual classe você acha que eu usava João? huahuahuahua

  • Sensacional o podcast!!! Parabéns!
    .
    Sobre o lance de software piratas, a Adobe acaba de lançar uma opção de software por cloud, onde você pode locar seus softwares por período determinado.
    .
    .
    De qualquer forma, acho complicado cobrar o mesmo por um software da PETROBRAS e do Buteco do Zé.
    .
    LINK PARA > Adobe Cloud
    .
    Veja que existe link para licenças educacionais e licenças em grande volume, ou seja, o Buteco do Zé ainda corre o risco de pagar mais caro do que a Petrobrás, que pode ter desconto por volume adquirido!
    .
    Algumas escolas de informática oferecem softwares com licença “for students”, com preços bem mais acessíveis e com algumas ferramentas limitadas.
    .
    Abraços.
    .
    aLx

  • Srs. Galináceos!

    Tudo bom?

    Como sempre, ri demais ouvindo! Vocês são frangos muito engraçados! 🙂

    Legal o tema sobre pirataria. Meio cabeludo (igual a um de vcs que eu não lembro o nome agora), mas dá uma discussão legal. Na minha opinião, se os produtos fosse mais em conta, não existiria pirataria. Chequem o exemplo da Steam, por exemplo, que tem conseguido diminuir esta situação justamente pelos preços e forma de distribuição.

    É isso, mantenham o ótimo trabalho de vocês nos divertindo e informando durante a semana.

    Abraços!

  • Como sempre excelente podcast

    Só queria levantar uma questão a respeito da pirataria, será mesmo que o preço e o maior motivo de pirataria aqui no Brasil??. Pergunto isso porque tem muita gente que usa Jailbreak em celulares para piratear programas que custam centavos, e a steam oferece preços muito acessíveis e mesmo assim muita gente baixa jogos piratas, concordo que preços da maioria programas são realmente proibitivos, mas se os preços estivessem realmente em conta a pirataria seria reduzida aqui? acho difícil, ainda mais que a maioria acha que tem que ter tudo ao mesmo tempo e por isso que a pirataria existe na minha opinião.