FRANGO FINO 46 | O SAMOANO CINÉFILO RECOMENDA PIZZA DE FRANGO

FRANGO FINO 46 | O SAMOANO CINÉFILO RECOMENDA PIZZA DE FRANGO

nov 24

Arte do banner por Stuart.

O Frango Fino dessa semana é diferente. Doug Bezerra, André Rocca e Guilherme Maldonado se juntam para recomendar alguns filmes que assistiram recentemente. Fazendo de conta que a opinião deles vale alguma coisa, eles falam de “Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças”, “Deus da Carnificina” e “Argo”.

A programação musical:

  • Skuba – Triado
  • Curtis Stigers & The Forest Rangers – This Life

Comentado durante o programa:

Compre com o Frango:

Participe da promoção:

Para falar com a gente:

E-mail: podcast@frangofino.com

Twitter: @frangofino

Tempo do programa: 55 minutos

————————————————————-

Podcast com música:

Download: (Para baixar o podcast clique com botão direito do mouse e salvar link como)

————————————————————-

Podcast sem música:

Download: (Para baixar o podcast clique com botão direito do mouse e salvar link como)

  • É agora que vou descobrir se por trás desce lado retardado de vocês existe um pouco de cultura!

    • frangofinopodcast

      Você só vai achar alguma coisa se multiplicar os lados pela altura e dividir por 2.

  • podcast bem maneiro, dou 5 samoanos a ele.

    • frangofinopodcast

      Victor, ja estamos com muitos Samoanos aqui, mas se você tiver umas Samoanas podemos conversar.

  • Aeeeeee finalmente frango fino , tava com saudades já

    • frangofinopodcast

      Aeeeeeeeeeeeeeeeeeeee finalmente Willian, estávamos com saudades também!

  • Olha só, nem ouvi ainda, mas tem gente vendo Sons of Anarchy, só pela música do Curtis… parabéns!

    • Bairus

      Por causa do podcast do uareva que vc participou fiquei viciado em Sons of anarchy valeu Tourinho e fica a dica vejão essa serie que é foda e com uma trilha sonora tão foda quanto

    • Soa é foda demais !

    • Rafaelgbur

      Tbem comecei a assistir SOA por conta do tourinho, eu nem tinha me ligado que a temporada tinha começado já, hahahaha

  • Muito legal o podcast. Apenas uma coisa sobre a ironia feita aos filmes iranianos, recomendo os dois filmes do Asghar Fahardi, “A separação” e “Procurando Elly”. Os dois filmes desmontam completamente aquela imagem do cinema iraniano como algo parado, lento. O negócio do Fahardi é tensão do começo ao fim… Parabéns pelo trabalho

  • Olá samoanos!
    Dos 3 filmes indicados, só vi o Brilho Eterno… E definitivamente ele não é um filme para se assistir ao terminar um relacionamento… Agora irei atrás de Deus da Carnificina e Argo para assistir por que pelos trailers parecem interessantes.

    Sobre o por que de não gostar da série Mortal Kombat Legacy: acredito que tenha fugido muito da questão mística que foi criada em torno do jogo e até mesmo do filme. Para minha pessoa, uma idéia legal para se fazer um filme era seguindo a idéia da série que se passava no SBT tendo o Kung Lao como protagonista, que depois de certo tempo um lutador era convocado para defender o reino em que ele vivia, criando assim as rivalidades entre os clãs ninjas, mantendo a mistica de dominação de reinos e universos paralelos que era o legal do 1º filme.

    Abraço e até +/

    • Depois de um tempo, aprendi que tem alguns filmes que não são feitos pra “entender”, nem tudo precisa ser entendido. O Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças, pra mim é um desses. Terminou o filme e eu “…Como é a história, homi? É o quê?”, que não quer dizer que o filme é ruim.

  • Eu só acho que o sistema de notas deveria ser: 0 a 7 (sete é um número cabalístico). 0 a 7 Samoano…Tetudos. Mas eu gostei do episódio, dou 6 Samoanos Tetudos pro episódio, por causa dos barulhos de prato!

  • KaioCesar

    Olha o povo galináceo aeee, só alegria?
    Primeiramente, Mouzart mandou bem na musica dos sons….
    Na minha humilde e noob opinião, não curti muito o novo estilo de programa, gosto mais quando discutem sobre as noticias e curiosidades cinema, musica, videogame, etc…
    Mas mesmo assim estão de parabéns.
    Abraço

    Kaio César.

  • Olá galináceos que gostam de pizza e são samoanos (ou algo assim!).
    Caras, gostei do formato do episódio, mas acho que tem que ser uma coisa bem esporádica. Prefiro o formato normal. Mas é bom pra dar uma variada! 🙂 Acho que vocês podem fazer de vez em quando sim. 
    O Zaffari é tudo de bom, né? Eu vou no Bourbon as vezes, não é um shopping totalmente de granfino, é mais o visual. Lá tem muita coisa boa escondida, muito bom!
    E nossa, aquela pizza, hein? Vou ter que comer no fds, culpa de vocês!

    Abraços!

  • Olá Frangos comedores de pizza,
    gostei bastante do novo formato, só achei que ficou muito curto. se houverem novos programas com esse formato poderia ter um bloco com indicação de filmes, outro com indicação musical e outro com indicação de qualquer outra coisa (sugestão).

    ps: vou usar o sistema do Stuart e dar 6.2 samoanos pra esse episódio

    •  Verdade! Talvez um bloco incluso no programa. Semana sim, semana não, pra não encumprindar também né? E ainda teria espaço pros demais assuntos. Dou 7 Samoanos Tetudos pra esse seu comentário.

      • Pode crer! Mas  o único problema é que os samoanos vão querer receber hora-extra e inclusão de pizza de frango na cesta básica. kkkk

  • allvesbruna

    Olá galináceos que comem frango .. mas hein.. o.O
    Ótimo programa, mostraram um lado desconhecido, um lado cultural….rsrs… acho que podem fazer mais programas de os Galos Indicam… ^^

    Abraços….

  • QuartoSinistro

    Só deixando uma outra dica de filme que é quase que totalmente filmado em um único cômodo e que foi negligenciado por vocês =P -> “Doze Homens e uma Sentença”, um clássico de de 1957 que mostrou o ápice do poder dos diálogos no cinema. Obrigatório, para não fazer neologia 😉

    • Rafaelgbur

      Conheço vários filmes que gravados em um cômodo só, mas geralmente eles não tem um dialogo muito profundo. 

      • frangofinopodcast

        Os filmes gravados num cômodo só que conhecemos tem geralmente um dialogo assim:
        -oooohh yeeeees!!!-#%& ME!!!!E por aí vai.

        • Exatamente desses que eu tava falando, hahahahhahahaa

    •  Lembrei de outro, mas nao é em um comodo, porque nao tem cenário nenhum: Dogville, do Lars Von Trier.

  • Finalmente vou conseguir ouvir! :T
    Saudades, galetos!

  • Olá Franguinhos queridos,

    Gostei bastante do formato desta ediçao do podcast, fui atrás do filme que o Rocca indicou e era realmente muito bom! Espero que façam um de música também (mas sem indicar Samurai ou aquelas porcarias que o Tourinho ouve hahahaha, suspeito que meu gosto musical é mais parecido ao do Gui).
    Voces poderiam lançar uma “vaquinha” pra juntar o dinheiro do novo headset do Rocca, putz, que som ruim. Se der certo, lançar uma outra pra uma casa pra ele, porque no podcast anterior (45), fiquei com peninha quando o porteiro ligou pra dar uma bronca pelo tom de voz dele…
    Desculpa pela falta de acentuaçao, moro em Santiago no Chile e meu teclado tá configurado pra espanhol – e eu sou burrinha e nao consegui ajustá-lo pra portugues.
    Abraços aos 3!